Green Urine: xixi de praça pública vira fertilizante

Você sabia que a urina humana é rica em nitrogênio, fósforo e potássio e esta também é a composição de muitos fertilizantes químicos? Só que, segundo alguns cientistas, essas substâncias – principalmente o fósforo – serão escassas no meio ambiente dentro de 50 a 100 anos.imagem-final-post-xixi-amsterda-560w-550x294

Pensando nisso, os administradores da empresa responsável pelo abastecimento de água em Amsterdã, Waternet, lançaram campanha para transformar estes resíduos naturais em adubos orgânicos. Essa prática é muito comum entre agricultores e inspirou a ideia que foi apresentada durante a Semana Internacional da Água, que aconteceu na capital holandesa no final de 2013.

Coletores de urina foram colocados em praça pública para receber doação de voluntários e testar a possibilidade de reúso. O plano era processar o material ali mesmo para aplicar em campos, jardins e telhados verdes. Só com os resíduos de Amsterdã de um ano, estima-se ser possível fertilizar área equivalente a dez mil campos de futebol.

Além de tentar garantir que o fósforo e as outras substâncias que compõem a urina não desapareçam da natureza, a iniciativa dá nova utilidade para toda urina expelida na cidade holandesa e – por que não? – em qualquer lugar do mundo. E mais: a demanda do sistema de saneamento diminuirá e, com isso, também haverá economia de recursos.

Publicado em Planeta Sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.