Casa 100% reciclada é construída com janelas descartadas

Casas sustentáveis não são uma novidade, mas o arquiteto japonês Hiroshi Nakamura levou a reutilização de materiais a um novo patamar, usando 100% de produtos reciclados e projetando uma gigantesca janela construída com dezenas de ‘pequenas’ janelas retiradas de casas abandonadas. Recentemente, o imóvel, que está situado na cidade japonesa de Kamikatsu, ganhou o WAN Awards 2016, na categoria Edifícios Sustentáveis.

A estrutura do “Kamikatz Public House”, nome do imóvel, foi toda produzida com material reciclado.

A primeira visão da casa, que possui a frente construída com dezenas de esquadrias de antigas janelas, já dá uma mostra do que os visitantes podem esperar dentro do local. Com muita criatividade e inspiração, o arquiteto usou azulejos reaproveitados para o piso, jornais antigos como papel de parede e placas de cedro foram reutilizadas para cobrir a fachada do imóvel. A tinta aplicada nas paredes também é sustentável, com processo de fabricação 100% natural. Atualmente, o local abriga um pub e uma loja de artigos diversos.

A casa faz parte de um projeto ainda maior da cidade de Kamikatsu. A localidade pretende atingir o índice de 100% de reciclagem de materiais descartados e para isso, precisou inovar e a “Kamikatz Public House” é uma prova deste novo estilo de vida da região. Atualmente, Kamikatsu já reutiliza 80% dos resíduos descartados, na busca por um sistema social sustentável.

A gigantesca janela, com oito metros de altura, é formada por dezenas de “pequenas” janelas, que seriam descartadas – Foto: Divulgação/ Hiroshi Nakamura & NAP
A gigantesca janela, com oito metros de altura, é formada por dezenas de “pequenas” janelas, que seriam descartadas.
Foto: Divulgação/ Hiroshi Nakamura & NAP

Com muita criatividade e inspiração, o arquiteto usou azulejos reaproveitados para o piso e jornais antigos como papel de parede – Foto: Divulgação/ Hiroshi Nakamura & NAP
Com muita criatividade e inspiração, o arquiteto usou azulejos reaproveitados para o piso e jornais antigos como papel de parede.
Foto: Divulgação/ Hiroshi Nakamura & NAP

A tinta aplicada nas paredes também é sustentável, com processo de fabricação 100% natural – Foto: Divulgação/ Hiroshi Nakamura & NAP
A tinta aplicada nas paredes também é sustentável, com processo de fabricação 100% natural.
Foto: Divulgação/ Hiroshi Nakamura & NAP

Publicado em UOL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.