5 plantas para purificar o ar da sua casa

Ter plantas dentro de casa sempre é bom, agradável, bonito. Sim, faz bem à vista, e ao astral, pelo simples fato de estarem lá. Mas, tem planta que age quimicamente no ambiente em que está melhorando a qualidade do ar que você respira.

Um  estudo da Nasa determinou as 5 plantas que alteram positivamente o ar do entorno de onde estão, alterando a composição dos gases, reduzindo as emissões de acetona, benzeno e formaldeído, compostos orgânicos voláteis, e que causam danos à sua saúde, a longo prazo. Em um estudo anterior, a NASA já tinha divulgado outras espécies que são capazes de purificar o ar e você pode vê-las aqui e aqui.

Esses compostos, maléficos, são emitidos pelas tintas das paredes, o verniz dos móveis, as impressoras, o material de limpeza que você usa e até das roupas que são lavadas a seco. A inalação de grandes quantidades de compostos orgânicos voláteis pode levar algumas pessoas a desenvolverem a síndrome do edifício doente, o que reduz a produtividade e pode até causar tontura, asma ou alergias”, diz Vadoud Niri, Ph.D., líder do estudo apresentado na Reunião Nacional 252 & Exposition of the American Chemical Society (ACS).

O estudo citado aponta o uso de 5 plantas que podem viver no interior das casas e que atuam na redução da poluição ambiental (fitoremediação): Crassula argentea (Jade Plant), clorófito (Spider Plant), Guzmania lingulata (Bromélia), Consolea falcata (árvore do cacto Caribe), e Dracaena fragrans (Dracaena).

Existem muitas mais plantas que têm esse tipo de efeito mas, no estudo da Nasa consta que essas 5 são as mais efetivas na eliminação dos poluentes mais perigosos. De todas essas cinco, a mais eficaz é a bromélia Guzmania lingulata.

O bom é que, qualquer dessas plantas são fáceis de se manterem dentro de vasinhos, gostam da meia-sombra e não requerem muita água para viver. Você poderá plantá-las em vasos individuais, dispondo-as nos cantos da casa onde chega alguma luz de fora (meia-sombra é como se a planta estivesse debaixo de arvoredo) e regá-las uma vez por semana, sem grande preocupação. Cuide sim de que a terra dos vasos seja bem misturada com areia, para que não se compacte e mantenha uma boa drenagem. As plantas de interior detestam terra encharcada.

1) Bálsamo – Crassula argentea

bálsamo crassula argentea

2) Clorófito – Chlorophytum comosum

clorofito chlorophytum comosum

3) Bromélia – Guzmania lingulata

bromélia guzmania lingulata

4) Palma – Opuntia Consolea falcata

palma opuntia consolea falcata

5) Dracena – Dracena fragrans

dracena fragrans

Fora essas, você se beneficiará dos ficus (Ficus benjamina), de algumas heras como a Hemigraphis alternata e a Hedera helix, do Lírio-da-paz (Spathiphyllum wallisii, da Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata), da Babosa (Aloe vera), das Jiboias (Epipremnum pinnatum), das palmeiras Ráfia (Rhapis excelsa), das Gérberas (Gerbera jamesonii) e das Azaleias (Rhododendron simsii), das Samambaias (Nephrolepis exaltata), dos antúrios e dos crisântemos.

Veja também o vídeo abaixo:

Publicado em GreenMe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.