Cheiro de natureza acalma, alivia estresse e aumenta imunidade

Quando bate aquele estresse ou uma vontade de relaxar, é comum querermos entrar em contato com a natureza. Seja o mar, seja o mato, fugir da selva de pedra traz um conforto para o nosso corpo e para a nossa mente.

Essa intuição natural, que todos nós temos, acaba de ser confirmada por cientistas do Department of Hygiene and Public Healthda Nippon Medical School, em Tóquio, que analisaram o efeito terapêutico do aroma das árvores. Essa descoberta pode contribuir para um tratamento alternativo usando a aromoterapia, visto que os óleos essenciais das árvores podem diminuir a pressão do corpo humano e, ainda, estimular moléculas que combatem várias doenças, entre elas o câncer.

Segundo informou o site Diário de Biologia, os pesquisadores estudaram o efeito de substâncias chamadas fitonetos (óleos essenciais de madeira) sobre o sistema imunológico humano. Os fitonetos aumentaram a atividade das células Natural Killer (NK), próprias do sistema imunológico, em relação à sua capacidade de destruir invasores externos ao organismo, além de impedir a multiplicação de células cancerígenas.

O estudo explica que os odores das árvores entram no nosso corpo diminuindo o nível de estresse e irritação. Quanto mais exposto ao cheiro de verde, mais o organismo reduz a pressão arterial e fortalece a imunidade.

Embora essa pesquisa ainda não esteja concluída, outra já demonstrara que, até mesmo ao olharmos para fotografias com temas de natureza e meio ambiente, relaxamos o cérebro, como se quem as olhasse estivesse de fato sob os efeitos de estar naquele lugar. Leia aqui.

A ciência só comprovou aquilo que já sabíamos por experiência própria. Nada como dar aquela escapadinha no final de semana para uma cachoeira no meio do mato, não é mesmo?

Publicado em GreenMe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.