Campanha quer tirar o Brasil da liderança do desperdício de alimentos

O Brasil é um dos países da América Latina a participar de uma grande campanha internacional contra o desperdício de alimentos. A Stop Food Waste Day – Salve o Alimento! – terá seu Dia D em 27 de abril, e unirá forças com iniciativas que serão realizadas em mais de dez países, como Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, França, Alemanha, Espanha, Turquia, Japão e Austrália, em todos os continentes onde o Grupo Compass, maior empresa de serviços de alimentação e suporte do mundo, com atuação em mais de 50 países, está presente.

No Brasil, a ação acontecerá por meio da GRSA|Compass, que é responsável pela alimentação diária de mais de dois milhões de pessoas em todo o País. A meta global é reduzir o desperdício de alimentos em 50% até 2030 nas operações do Grupo Compass.

Segundo dados do Instituto Akatu, em 2016, o Brasil estava entre os 10 países com o maior índice de desperdício de alimentos. Nesse contexto, a campanha atuará na conscientização e metas de redução, focando na ativação “Seja 10 contra o desperdício”: durante 10 dias, as pessoas serão estimuladas a entregar seus pratos limpos após suas refeições. O lixo orgânico será contabilizado por ferramentas internas como a Trim Trax, que medirá a quantidade de alimentos jogada fora para contabilizar quanto deixou de ser desperdiçado no período. Ao final da campanha, essa redução será revertida em doações de alimentos para instituições em todo o Brasil.

“A proposta é que colaboradores, clientes e consumidores identifiquem ações e hábitos que podem fazer no dia-a-dia para gerar resultados concretos de redução”, comenta James Meaney, presidente da GRSA, que quer transformar a ação em uma campanha contínua. “Se conseguirmos que elas mudem o olhar em relação ao desperdício, aos hábitos alimentares e às suas próprias responsabilidades sobre essa questão e levem a mensagem para suas casas, então teremos atingido nosso objetivo principal”, diz. “Como líderes desse segmento, essa é uma causa que podemos e devemos atuar como influenciadores e mobilizadores, fazendo a diferença na redução do desperdício”.

De acordo com dados da FAO Brasil – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, que trabalha no combate à fome e à pobreza por meio da melhoria da segurança alimentar e do desenvolvimento agrícola, 28% dos alimentos se perdem no processo de produção agrícola e mais 28% são jogados no lixo após chegarem às casas dos consumidores. No mundo, cerca de 1,3 bilhão de toneladas de comida são descartadas por ano, enquanto quase 800 milhões de pessoas passam fome.

Publicado em Envolverde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.