A família que plantou 11 mil árvores

11 mil árvores contra a poluição e o excesso de construções. Aconteceu na Itália em San Prospero, uma fração de Parma, onde a família Spaggiari decidiu criar um pulmão verde em dez hectares de terra.

Um quilômetro verde ao largo da rodovia para absorver a poluição da cidade, para que os carros em trânsito possam admirar carvalhos, nozes, freixos, espinheiros-bravos, macieiras, olmos. Tudo graças ao agricultor Giancarlo Spaggiari de 86 anos e seu filho Roberto, que com essa idéia, querem dar a contribuição pessoal deles na luta contra a poluição.

Existem, de fato, muitas boas razões para plantar uma árvore. Primeiro de tudo, elas produzem oxigênio e, portanto, são ótimas para limitar o aumento do CO2 na atmosfera. Elas limpam o ar: uma planta adulta, dependendo da espécie, é capaz de absorver entre 20 a 50 quilos de dióxido de carbono. Além disso, a mesma planta é capaz de capturar 100 a 250 gramas de partículas finas do ar.

Mas as árvores também limpam a água porque a folhagem e os caules funcionam como “funis” que diminuem o fluxo de água e a filtram suavemente pelo solo, suprindo os lençóis freáticos e garantindo o abastecimento estável ao longo do tempo, mesmo nas estações áridas do ano. Elas são, em poucas palavras, aliadas do solo e do clima, para não mencionar a contribuição para o bem-estar psicofísico do homem.

A família Spaggiari entendeu isso muito bem e plantou árvores em suas próprias terras, aproveitando uma contribuição da União Europeia que financiava novas urbanizações, recusando ofertas de pavimentação. Há tantas nozes, macieiras, mas também carvalhos, freixos e olmos, só para mencionar das algumas espécies.

Confira o vídeo:

 Publicado em GreenMe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.