Máquina que transforma suor em água potável

A ideia de beber o próprio suor é no mínimo estranha. Mas é assim que a UNICEF da Suécia quer alertar o mundo para a falta de água limpa em vários locais da África e da Ásia.

Elaborada pela agência de publicidade Deportivo, em conjunto com a UNICEF, a chamada “Máquina de Suor” foi criada pelo engenheiro Andreas Hammar. Ele usou um filtro, desenvolvido no Instituto Real de Tecnologia, em Estocolmo. Para filtrar o suor, as roupas suadas são postas em uma secadora, que gira e espreme as peças.

A iniciativa tem o apoio da UNICEF para alertar sobre a falta de água limpa no mundo.
A iniciativa tem o apoio da UNICEF para alertar sobre a falta de água limpa no mundo.


O suor é aquecido, vira vapor e passa pelos filtros especiais, que retiram sais e bactérias. Já líquido, o suor passa por um filtro de café para remover as fibras dos tecidos das roupas e sai como água limpa para ser consumida.

De acordo com o site Discovery News, Stefan Ronge, chefe criativo da Deportivo, afirmou que a intenção é alertar o mundo para a falta de água limpa.

A máquina foi mostrada durante a Gothia Cup, um torneio de futebol em Gotemburgo, na Suécia.

Texto publicado em Exame.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.