Meia inteligente monitora saúde de bebês

Uma equipe de estudantes da Universidade Brigham Young (EUA) criou a Owlet Baby Monitor, uma “meia inteligente” que monitora a saúde de bebês a partir de sensores embutidos que medem a frequência cardíaca, o oxigênio (medido com oximetria de pulso), o sono e a temperatura, além de alertar acerca dos possíveis problemas enfrentados pelos babys quando eles estão de bruços. O dispositivo já foi testado em 30 casas diferentes durante cerca de 200 horas e obteve bons resultados.

A tecnologia pode reduzir o número de casos da síndrome da morte súbita infantil.
A tecnologia pode reduzir o número de casos da síndrome da morte súbita infantil.

A equipe que desenvolveu a tecnologia foi vencedora da competição Estudante Inovador, promovida pela Universidade. Os idealizadores fizeram de seu site uma forma de angariar fundos para conseguir desenvolver o dispositivo em larga escala. A meta é conseguir 100 mil dólares. Até o fechamento deste post, os jovens alcançaram mais de 60 mil dólares.

Segundo os jovens cientistas, a tecnologia pode reduzir o número de casos da síndrome da morte súbita infantil. “Há muitas coisas que podemos fazer com os dados que estamos coletando – me dá arrepios quando penso sobre isso”, revelou ao portal Co.Exist Jordan Monroe, um dos alunos por trás do projeto.

Publicado em EcoDesenvolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.