Spray de bactérias: O engenheiro que não toma banho há 12 anos e garante estar limpinho

Se você é um brasileiro apaixonado por banhos e limpeza, como qualquer outro, provavelmente já fez cara de nojinho quando descobriu que os franceses realmente não se banham todos os dias e que escovar os dentes ou entrar debaixo do chuveiro não é o forte dos ingleses. Imaginamos a sua cara, então, ao descobrir que o norte-americano David Whitlock, engenheiro químico do renomado MIT  – Massachusetts Institute of Technology, não vê água no corpo há nada menos que 12 anos.

DavidWhitlock_interna blog

A indústria da higiene promete eliminar todas as bactérias e vírus do organismo, seja por medicamentos, ou através de sabonetes e loções. “Ninguém fez testes clínicos com as pessoas que tomam banho diariamente. Então qual é a base que nos faz concluir que essa é uma prática saudável?“, perguntou Whitlock à CBS. Sabe-se que muito dos hábitos de higiene que temos hoje foram desenvolvidos a partir do estímulo do marketing de empresas de shampoo, sabonete ou pasta de dente. Em suas propagandas, essas empresas rotulavam como porcalhões quem não mantivesse seus hábitos de higiene em uma frequência diária. Mas, honestamente, qual é a real necessidade de tomarmos banho todos os dias?

Segundo Whitlock, esse questionamento veio quando uma mulher perguntou a ele o porquê dos cavalos rolarem na lama. “A única maneira dos cavalos desenvolverem esse comportamento seria se isso proporcionasse a eles benefícios evolutivos“, concluiu. Ou seja, cavalos fazem isso para se limparem com a ajuda de bactérias “boas”. A partir daí, o engenheiro começou a fazer o mesmo, espirrando em seu corpo um spray com bactérias que se alimentam do suor e da gordura produzida pelo corpo.

Hoje o produto é produzido comercialmente sob o nome de AO+ e traz bilhões de bactérias do tipo Nitrosomonas, que, segundo Whitlock, o deixam limpinho. A base do produto é constituída por bactérias oxidantes de amônia (conhecidos como AOB, em inglês), que transformam a amônia e a ureia do suor, em nitrito e óxido nítrico. Essas substâncias combatem a maioria das bactérias consideradas “ruins” da pele e têm propriedades anti-inflamatórias. A empresa que fabrica o produto garante que essas bactérias não são prejudiciais ao organismo, mesmo se forem ingeridas.

E aí, o que você pensa sobre a ideia de abandonar o chuveiro e trocá-lo por bactérias?

Publicado em Hypeness e Diário de Biologia.

Um comentário em “Spray de bactérias: O engenheiro que não toma banho há 12 anos e garante estar limpinho

  • 8 de outubro de 2015 em 19:34
    Permalink

    adorei a matéria..
    meu nome é lorena, e tenho uma pessoa acamada em casa, esse spray do doutor david iria me ajudar muito com o banho dessa pessoa e de outras que eu conheço.
    você sabe como eu posso fazer para adquiri-lo. se puder me ajudar eu agradeço.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.