Mapa mostra os países com os ambientes mais tóxicos do mundo

Kuwait e Arábia Saudita são os países mais tóxicos do mundo, de acordo com dados organizados pela empresa Eco Experts. A análise envolveu 135 países e levou em consideração cinco fatores para definir os países mais e menos tóxicos do mundo: nível de consumo de energia per capita, emissão de CO2 a partir de combustíveis, poluição do ar, mortes causadas pela poluição do ar e produção de energia renovável.

Isso quer dizer que além de levar em conta dados como poluição do ar e mortes causadas por poluição, o estudo também considerou o que está sendo feito pelo país para lutar contra o aquecimento global.

 Os países com piores níveis de toxicidade são, em sua maioria, os produtores de petróleo e aqueles que não tiram vantagens das gerações de energia limpa. Famosa por gerar energia elétrica da combustão de lixo sem liberação de poluentes, a Suécia é um dos países que se destacam positivamente na Europa. Apesar de estar em uma péssima situação neste momento, a China deve melhorar em breve, já que deve investir US$388 bilhões em geração de energia renovável até 2020, de acordo com o The Guardian.

 

A situação do continente americano é boa em geral, com destaque negativo para o Canadá e Estados Unidos. Entre os 10 países mais tóxicos do mundo, temos apenas um no nosso continente, que é Trinidade e Tobago. O Brasil está entre os menos tóxicos do mundo, tanto por suas hidrelétricas quando pela baixa industrialização quando comparado com outros países.

Veja os 10 países mais poluídos do mundo:

1.Arábia Saudita
2.Kuwait
3.Qatar
4.Bahrain
5.Emirados Árabes Unidos
6.Omã
7.Turquemenistão
8.Líbia
9.Cazaquistão
10. Trinidade e Tobago

Publicado em Hypescience.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.