Antártida perdeu 2,7 trilhões de toneladas de gelo em 25 anos

O acelerado derretimento pelo qual a Antártida atravessa não só é visível como pode ser mensurado em números – para ser mais exato, em peso. Segundo estudo publicado por cientistas na revista Nature, entre 1992 e 2017 o continente gelado vem perdendo cerca de 200 bilhões de toneladas de gelo por ano. Nesse período, ao todo já se perderam cerca de 2,7 trilhões de toneladas, o que equivale a um aumento de 7,5 mm no nível global do mar.

As informações e imagens foram coletadas por satélites europeus que monitoram a região desde o início dos anos 1990. Assim, não é possível dizer quando o processo começou, mas é possível chegar a um diagnóstico realmente alarmante. “Podemos afirmar que hoje está quente demais para a Antártida”, afirmou Andrew Shepard, líder da Pesquisa de Comparação do Balanço da Massa de Gelo. “Está cerca de meio grau Celsius acima do que o continente suporta. Sua base está derretendo cerca de cinco metros a cada ano, e é isso que está provocando o acréscimo ao nível do mar que estamos vendo”, afirmou.

Os efeitos do aumento do nível do mar, segundo os cientistas, não impactam somente quem vive perto da costa. Tal fenômeno acentua a intensidade e a reincidência de grandes tempestades e enchentes, por exemplo. Na última medição, feita em 2012, o aumento médio era três vezes menor do que o atual, e o derretimento da Antártida já é considerado a principal causa.

Publicado em Hypeness.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.